banner sao silvestre solidaria

Conversas para a Mudança

O mundo vive num novo contexto global de cooperação pós 2015, onde é necessário consolidar o trabalho realizado nos objetivos de desenvolvimento do milénio.

Os novos objetivos de desenvolvimento sustentáveis a atingir até 2030, são fruto do trabalho conjunto de governos e cidadãos de todo o mundo para criar um novo modelo global para acabar com a pobreza, promover a prosperidade e o bem-estar de todos, proteger o ambiente e combater as alterações climáticas. A adoção da agenda 2030, que implementa os objetivos de desenvolvimento sustentável, define os problemas e as necessidades com as quais o mundo tem que lidar até 2030. A cooperação para o desenvolvimento, a educação e sensibilização para o desenvolvimento, e ajuda humanitária de emergência, são cada vez mais uma prioridade do poder político.

Neste contexto, a Educação para o Desenvolvimento (ED) desempenha um papel cada vez mais relevante, sendo atualmente uma área em clara evolução no que respeita às suas práticas e à reflexão a elas subjacente. 

 

Problemas a Resolver

A falta de conhecimento em cooperação para o desenvolvimento, ajuda humanitária de emergência e educação para o desenvolvimento, ainda é uma realidade evidenciada por uma grande percentagem da população portuguesa.

 

Assim sendo, a Gen Mundus, no âmbito da sua missão, propõe o projeto

"Conversas para a Mudança"

 

 

O Conversas para a Mudança insere-se no eixo de sensibilização da Gen Mundus e surge para tentar combater este problema, junto da população em geral, mas principalmente junto da comunidade académica da Universidade do Minho. Propõe um conjunto de atividade de Educação para o Desenvolvimento, em contexto de educação não formal, onde se pretende levar a população a refletir e interessar-se por estas temáticas.

 

Quais são os objetivos de Desenvolvimento Sustentável envolvidos neste projeto?